Copa do Mundo: ministra do Esporte quer ponto facultativo em jogos da seleção feminina

da imperador bet: Na tentativa de gerar mais visibilidade ao futebol feminino, a ministra do Esporte, Ana Moser, afirmou que vai trabalhar para que seja decretado ponto facultativo no Brasil nos dias de jogos da seleção durante a Copa do Mundo FIFA de Futebol Feminino, que começa no dia 20 de julho.

da poker: “Estamos focados em dar visibilidade, vamos ver se a gente consegue fazer ponto facultativo, igual nos jogos masculinos”, afirmou a ministra, neste sábado (1º), durante treino da seleção brasileira de futebol.

A afirmação de Moser foi feita ao lado do presidente Luís Inácio Lula da Silva, que acompanhou a visita.

Leia Mais

Arena MRV: Quando e contra quem Atlético-MG deve jogar na inauguração do estádio Pesquisa reforça que futebol feminino precisa de incentivos para levar público aos estádios Marta é a jogadora mais rica entre as convocadas para a Copa do Mundo; veja o ranking

Durante a copa do mundo de futebol masculino, órgãos públicos federais, estaduais e municipais costumam conceder ponto facultativo aos trabalhadores nos dias de jogos da seleção brasileira. Moser relembrou o fato.

“Quando não tem jogo do masculino não tem folga? Então, vamos tentar fazer isso também [no feminino] para dar a mesma importância.”

Se o desejo do governo se concretizar, poderão ser concedidos até sete pontos facultativos entre julho e agosto, caso a seleção chegue até a final.

Contudo, a Copa vai ser realizada na Austrália e Nova Zelândia. A diferença de fuso horário entre o Brasil e os países da Oceania varia entre 13 e 16 horas.

A situação vai ser semelhante à vista na Copa do Mundo Masculina de 2002, que aconteceu no Japão e Coreia.

Agora, na primeira fase, o Brasil vai ter dois jogos às 7h e um às 8h.

Os jogos nas fases de mata-mata estão previstos para acontecer entre 22h e 7h, dependendo dos resultados anteriores.

A Copa do Mundo Feminina acontece entre 20 de julho e 20 de agosto. O time da Marta e companhia está no grupo F junto as seleções da França, Jamaica e Panamá.

A estreia da equipe treinada por Pia Sundhage, a primeira estrangeira a treinar uma seleção de futebol brasileira, será no dia 24 de julho em Adelaide, Austrália, contra o Panamá.

No dia 29, a seleção enfrenta a França em Brisbane. Para fechar a fase de grupos da competição, a seleção joga contra a Jamaica, no dia 2 de agosto, em Melbourne, também na Austrália.

A seleção brasileira entrará em campo mais uma vez em busca do primeiro título mundial.

O Brasil participou de todas as edições da Copa Feminina, sendo o principal destaque entre os países da América do Sul.

A primeira edição da Copa do Mundo de Futebol Feminino organizada pela Federação Internacional de Futebol (FIFA) aconteceu em 1991, na China.

A equipe dos Estados Unidos é a maior campeã da Copa do Mundo Feminina, com quatro títulos (1991, 1999, 2015 e 2019) desde a criação do campeonato.

Em segundo lugar, está a seleção alemã, com dois títulos conquistados em 2003 e 2007 e, empatados com um título, estão as equipes do Japão (2011) e Noruega (1995).